Wuthering Heights

Semana passada estava jantando e assistindo no canal de músicas VH1 (amo) um programa sobre os 60 clips que retratavam os penteados mais horrorosos. Sim, queridos, era este o critério do ranking. Pois bem, lá pelas tantas apareceu o clip da Kate Bush com a música Wuthering Heights, que eu tanto ouvira nos anos 80, mas nunca havia pensado em quem cantava, nem no que se dizia. Enfim, a mulher é bem estranha, mas gostei dela. Percebi que realmente adoro essas coisas diferentes.

Mais tarde fui para o youtube (alguma dúvida?) assistir a bizarrice novamente e deparei-me com a letra da música (ainda bem que tinha, pois meu inglês não é tão bom a ponto de decifrar tudo naquela voz e ritmo peculiares). O fato é que a letra remete ao livro da Emily Brontë O Morro dos Ventos Uivantes. Aí sim liguei uma coisa à outra. Lembro-me bem deste título na minha infância porque minha amiga Helena morava em uma casa linda escondida no alto do morro e toda vez que minha mãe (que de Literatura sabe tudo) me levava lá, dizia estar me levando ao tal morro. E eu que, na época, achava super demais aquele codinome “inventado” pela minha mãe.

Enfim, pesquisei sobre esse romance e fiquei intrigada. Já fiquei imaginando o cruel Heathcliff, a Catherine, o povo todo. A crítica pegou pesado na época, mas hoje o livro é considerado um clássico. Quis pegar na biblioteca do colégio de minha filha, mas não tinha. Vou recorrer à UFSC ou à estante de minha mãe! Na verdade, com a quantidade de livros que estou tendo que ler, acho que vai ficar para depois, purtroppo. Mas deixo vocês com Wuthering Heights. Aposto que já  a ouviram em algum lugar do passado. Ah! e caso não consigam tirar a música da cabeça, como aconteceu comigo por 4 dias, aconselho escutarem Bohemian Rhapsody, do Queen algumas vezes. Resolve.

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: