Feita de diamantes

Como vocês notaram, o blog ficou desativado por uns dias. Não consegui escrever, não consegui comer, dormir…na verdade não consegui fazer nada. Estava triste. Há uma semana Deus resolveu que a missão de minha prima aqui nesse mundo estava cumprida e que precisavam dela lá em cima. Puta falta de sacanagem, hein, Deus? Joana era alegre, inteligente, culta, dedicada, realmente uma pessoa especial. Mas há coisas que não entendemos tão facilmente e essa com certeza é uma delas.

Este triste episódio me fez ir correndo para Minas Gerais, onde nasci. Assim que o pequeno avião pousou no aeroporto (que eu nem sabia que existia) de Juiz de Fora, senti-me em outro mundo. E ERA de fato outro mundo. As pessoas tratando-se com gentileza, a fala mansa, o carinho gratuito. Sabe aquelas coisas que não sabemos mais que existem? Pois existem, somos nós que não as buscamos, mas elas estão lá…na sua perene beleza.

Nesses tempos de reflexões, é inevitável que nos questionemos se estamos sabendo viver. Lembro de mim lá em Minas, em alguma cidade minúscula, totalmente fora do ambiente em que estou acostumada e meu pai começou a cantar “Diamonds on the inside” do Ben Harper, com a voz baixinha, do jeito dele, curtindo cada nota da música. Aquilo me tocou porque há muito tempo eu não reconhecia a alegria das coisas simples da vida. Acho que é possível buscar felicidade, espalhando felicidade. Isso minha prima Joana fez e fará sempre, pois ela, como poucas pessoas, had diamonds on the inside

6 Comments

  1. Posted 12/07/10 at 4:15 pm | Permalink | Responder

    Você também, maninha. É cheia de diamantes por dentro :*

    • stellarivello
      Posted 19/07/10 at 2:51 pm | Permalink

      :* Tu também, ixtepô.

  2. soninha
    Posted 12/07/10 at 4:42 pm | Permalink | Responder

    Ah, filha, ah, filhas!
    Meus diamantes mais perfeitos, raras meninas.
    Jojô, você sempre vai ser a prima mais linda, nossa joaninha delicada, nossa princesa loira de olhos azuis.
    ( vejo claramente seu pai cantando… adorava música, o galã).
    Ah, obrigada, Stella, por arrumar a Rafinha de holandesa pras Olimpíadas do Geração. Era a mais linda de todos lá. Gentileza, teu nome é cilada às vezes. rsrsr.

    • stellarivello
      Posted 19/07/10 at 3:08 pm | Permalink

      Para mim a Jojô não morreu, vai ser mais um anjinho que vou conversar todo dia. :)

  3. Kaká
    Posted 13/07/10 at 4:33 am | Permalink | Responder

    Oii Stellina,

    Volto a ler teu blog justo hoje. Não sou boa com palavras nestes momentos, mas te mando um grandeeeeeee abraço com minhas melhores energias.
    Que ela fique em paz, onde estiver!!!
    Esta música do Ben Harper é realmente linda!!! E concordo plenamente com o teu pensamento: “Acho que é possível buscar felicidade, espalhando felicidade”.
    Deveríamos espalhar felicidade sempre e a todo momento, e se todos praticássemos isto, o mundo seria melhor…e não é frase feita, é simplesmente a verdade. Dividir e compartilhar o que temos de melhor não fará bem somente a nós mesmos, e sim a todos ao nosso redor. Que a felicidade seja um sentimento contagiante!!!
    Como já escrevi outras vezes, não tens noção de como é bom ler teus posts…continue firme e forte!!! Prometo começar a estar mais presente!!!
    Um grande beijo

  4. stellarivello
    Posted 19/07/10 at 3:10 pm | Permalink | Responder

    Kaká, bellaaa!! quanto mi manchi! Mi mancano addirittura i giorni a Castelfinemondo, ci credi!?
    Fatti vedere ognitanto!

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: