Amadurecendo o ócio criativo

A Teoria do Ócio Criativo, do italiano Domenico de Masi ganhou o mundo ao pregar que o trabalho intelectual deve ser motivador, criativo e misturado ao que chamamos de tempo livre. Em uma entrevista, o pesquisador argumentou que vida simples não quer dizer vida banal e sim dar sentido às pequenas coisas que temos ao redor. Para ele, nós é que tornamos a vida inutilmente complexa.

Eu já havia lido o livro dele há alguns anos e na ocasião, achei até um pouco utópico, mas com o passar do tempo consegui amadurecer mais minhas idéias a respeito. Acho que depois que me tornei mãe, consegui captar melhor e de maneira particular as mensagens que a vida me mandou. Um dos aspectos interessantes dessa teoria é a conciliação saudável de nossas atividades e os benefícios que esta pode trazer. É preciso buscar o novo, negar a alienação, crescer. De fato, meu trabalho sempre foi mais frutífero quando me encontrava em meio a pessoas que possuiam aquela rara visão além do dinheiro, que cultivavam o amor da família e das amizades e que apreciavam a cultura.

Percebi que já vinha praticando um pouco da teoria de De Masi mesmo sem saber e me considero uma mulher muito feliz por “saber dosar trabalho, riqueza, sabedoria e poder, privilegiando sempre a amizade e o amor.” E olha que eu gosto muito de dindin. Não vou mentir, é realmente muito bom (lembrei da Arezzo agora. Será por quê?), mas ele nunca vai estar em primeiro lugar na minha vida. Como sabiamente nos coloca Schopenhauer: “A nossa felicidade depende mais do que temos nas nossas cabeças, do que nos nossos bolsos”.

Hoje estou toda coração mole, então gostaria de agradecer a todos os meus amigos e à minha família por fazerem parte da minha vida. Quando eu ficar mega rica (de dinheiro, pq rica de felicidade eu já sou, baby) vou querer ter vocês ao meu lado para praticar o ócio criativo.   ;D

One Comment

  1. soninharivello
    Posted 19/10/09 at 1:03 pm | Permalink | Responder

    Amo você, minha filha amada!

Comente

Required fields are marked *

*
*

%d blogueiros gostam disto: